Follow by Email

sábado, 30 de julho de 2011

BRILHO INTENSO




AH! LINDA NOITE
NOITE ESTRELADA
DE UM CÉU AZUL ESCURO
PARECE AINDA MAIS ESTRELADO
AO CONTEMPLAR
ME PERCO NOS PENSAMENTOS
QUE ME PARECE VIR DA ESTRELAS
UMA LINDA MELODIA
TÃO SUAVE....
VINDO DE MUITO LONGE
QUAL BALSAMO A BANHAR MINHA ALMA
ME AQUIETANDO COM LINDAS MENSAGENS
O SOM PARECE MÁGICO
SOM DE VIOLINOS,PIANO
E UM LINDO CORAL DE ANJOS
ME ACALMA, SERENA MEU CORAÇÃO
LAGRIMAS ROLAM PELA MINHA FAÇE
E VEM AS DOÇES RECORDAÇÕES
A MINHA MENTE
CHEGO A VISUALISAR UM JARDIM
TODO FLORIDO
VOU ATÉ LA E SIM...É DAI QUE VEM ESSE DOÇE AROMA
DOÇE PERFUME DE FLORES
NUM INSTANTE VOLTO A CONTEMPLAR
O CEU AZUL ESCURO
AS ESTRELAS...MUITAS...MILHARES
COM UM BRILHO INTENSO
SEM IGUAL
A VIA LACTEA....MARAVILHOSA
CHEIA DE DIAMANTES
CRAVEJADOS NESSE FUNDO DE VELUDO AZUL ESCURO
QUE NOS LEVA A SONHAR
NOS LEVA A VIAJAR PARA OUTRAS ESTAÇÕES DE NOSSAS VIDAS
ESSE É O CÉU DE IGARATÁ
QUANDO NÃO TEM LUAR
SÓ ESTRELAS
MUITAS ESTRELAS  





    elizabeth rodrigues

velhas lembranças





COMO BRINCADEIRA DE RODA,DE QUANDO ERA CRIANÇA
MEUS PENSAMENTOS...VAI...E VEM...
PENSAMENTOS
ORA ALEGRES...ORA TRISTES
SEMPRE PULANDO COMO PASSARINHO NOS GALHOS
ME VEJO  QUANDO  MENINA
QUE BRINCAVA NOS TRILHOS DOS TRENS ,LÁ NO PARANÁ
ONDE FUI CRIADA.
UM VILAREJO COM MEIA DÚZIAS DE CASAS, UMA ESTAÇÃO DE TRENS E O BOTEQUINHO DO MEU AVÔ QUERIDO.
A VIDA CORRIA SOLTO NAQUELE LUGAR LONGE DE TUDO E DE TODOS,ONDE SÓ VIAMOS OUTRAS PESSOAS, QUANDO VINHA O TREM COM APENAS UM  VAGÃO DE PASSAGEIROS, PORQUE O RESTO TODO  DO TREM ERA DE CARGA.
ESSE TREM PASSAVA TODOS OS DIAS  MAS APENAS UMA VEZ POR DIA, ONDE PARAVA NA ESTAÇÃO E OS PASSAGEIROS DESÇIAM PARA TOMAR UM CAFÉZINHO NO BOTEQUINHO DO MEU AVÔ QUE ERA AO LADO DA ESTAÇÃO E SABOREAR OS SALGADOS DELIÇIOSOS QUE FAZIA MINHA AVÓ,EU FICAVA ALI PARADA,
OLHANDO PARA AQUELAS PESSOAS ESTRANHAS , VESTIDAS DE MANEIRA DIFERENTE DA GENTE,E QUE TAMBEM TINHA UM MODO
DIFERENTE DE FALAR
NESSA ÉPOCA, EU AINDA MENINA DE UNS OITO , NOVE ANOS TINHA COMO "PARCEIRAS"MINHAS DUAS PRIMAS QUE MORAVA COM MINHA TIA,( A MÃE DELAS) ,ERAMOS COMO UNHA E CARNE
APRONTAVAMOS TODAS,E DE TUDO QUE SE PODIA IMAGINAR
ANDAR POR CIMA DOS VAGÕES QUE ESTAVAM PARADOS NO PÁTIO DA ESTAÇÃO
PEGAR CARONA NOS TRENS QUE VINHAM DE OUTROS LUGARES
NADAR SEM ROUPAS NOS RIOS
IR NA FAZENDA QUASE TODAS AS MANHÃS BUSCAR O LEITE
E DE VEZ EM QUANDO TRAZER UMA TIGELA DE MANTEIGA
AS TRES (EU E MINHAS PRIMAS) IAMOS POR UM ATALHO NO MEIO DO MATO DESACALÇAS ATRAVESAVAMOS O RIOZINHO  E LÁ IAMOS NÓS QUASE TODAS AS MANHÃS BUSCAR O LEITE NA FAZENDA
MINHA TIA FALAVA "VÃO ACHAR OVOS NO MATO"
E LÁ IA AS TRES PROCURAR OS NINHOS DAS GALINHAS QUE ESTAVAM PERDIDOS NO MATO, ESTAVAM SEMPRE DEBAIXO DAS TOUCEIRAS DOS CAPINS BARBA-DE-BODE, ERA ALI QUE ELAS GOSTAVAM DE FAZER SEUS NINHOS, BEM ESCONDIDINHOS
A GENTE ACHAVA ,PEGAVA OS OVOS ENCHIAMOS UMA CESTA
E LEVAVA PARA CASA.
ERA UM LUGARLONGE DAS CIDADES
BEM NO MEIO DO MATO
QUE SE CHAMAVA
JOAQUIM MURTINHO
LÁ NO PARANÁ





     elizabeth rodrigues

quarta-feira, 27 de julho de 2011

AS ESTRELAS DE IGARATÁ



SEM    IGUAL
NOITES  ESTRELADAS
COM UM FUNDO DE VELUDO  AZUL ESCURO
CRAVEJADO DE BRILHANTES
POR TODO O LADO, EM QUE SE OLHA
LÁ  ESTA
UM BRILHANTE
BRILHANDO PARA NÓS
AO MEIO DESTE VELUDO AZUL ESCURO
SALPICADO BRILHANTES MENORES
E TAMBÉM TEM OS MAIS PEQUENINOS
MUITOS
MUITOS...MILHARES
TODOS À  PISCAR
 ESSA FAIXA VAI DE UM EXTREMO A OUTRO
AO SEU REDOR
MUITOS
MILHARES
DE BRILHANTES MAIORES
SEMPRE TODOS BRILHANDO MUITO
NEM PODEMOS CONTAR
POIS SÃO INFINITOS COMO OS NÚMEROS
DONOS DE UM BRILHO INCOMUM
E DE UMA BELEZA SEM PAR
ASSIM
SÃO AS NOITES  ESTRELADAS  DE
IGARATÁ




    elizabeth rodrigues

domingo, 24 de julho de 2011

A MORTE



PASSAGEM TÃO INEXPLICAVÉL
TÃO DEFINITIVA
TÃO DOLORIDA
À ÚNICA CERTEZA QUE TEMOS
FICAMOS TODOS INCONSOLADOS
A DÔR FUNDA NO PEITO
AS LAGRIMAS CAEM
MESMO QUE NÃO QUEIRAMOS
SEPARAÇÃO DEFINITIVA
PARA SEMPRE
 

A MORTE
É UMA DOR
UMA DOR PARA QUEM FICA
QUANDO MORRE ALGUEM QUE AMAMOS
A MORTE
NÃO É PARA QUEM VAI
É PARA QUEM FICA
SEPARAÇÃO ÚNICA
EXCLUSIVA
DEFINITIVA
A MORTE FICA CONOSCO....COM A VIDA
A MORTE E A VIDA
SE CONFUNDEM
SE ENTRELAÇAM
PARA....SEMPRE




elizabeth rodrigues

MÃE



MÃE
ANTES  ME PARECIA TÃO FORTE
TÃO  BRAVA, TÃO ALTIVA.....AGORA
FRÁGIL,PEQUENA, TRISTE...E...SÓ
TÃO  SÓ QUE CHEGA A SER AMARGO
DEPENDENDO DO POUCO TEMPO QUE ALGUEM LHE DEDIQUE
LHE OFEREÇA ALGUNS MINUTOS

E O TEMPO PASSA
SEM DÓ NEM PIEDADE
MÃE
ONTEM VI SEU SEMBLANTE TÃO TRISTE
SENTI EM VOÇE UMA TRISTEZA PROFUNDA
EM SUA FAÇE TÃO BRANCA,PÁLIDA....SEM LÚZ
MÃE
ONTEM FIZESTE 80 ANOS
OITENTA ANOS DE MUITA LUTA
DE VIDA SEM ALEGRIAS
E DESSES OITENTA ANOS
QUASE QUARENTA SEM LÚZ
LÚZ NOS SEUS OLHOS




Quando escrevi para minha mãe ela é claro estava entre nós,e foi um dia depois do seu aniversario dia 04 de abril de 2003,quando fui até sua casa e a encontrei assim....triste
nascida à 03 de abril de 1923
partiu dia 27 de outubro de 2005
às 00:22mn (foi o dia mais triste da minha vida)

domingo, 17 de julho de 2011

INTEIRO



INTEIRO....SEM EXCESSOS, SEM MANCHAS
SEM OSCILAÇÃO, SEM PARCIALIDADE
MAS...FORTE
TAMBÉM FIEL,  CONSTANTE, FIRME...
QUASE ETERNO
UM FEIXE DE LÚZ
BRILHA DE NOITE, DE DIA
SUAVE, PERMANENTE, PENETRANTE
NO TEMPO... NÃO SE PERDE
NAS SUTILEZAS SE FAZ SERENO
NAS FRUSTACÕES HUMILHADO, ENTÃO IRREVERENTE
NA CONCIÊNÇIA GUARDA OS SEGREDOS MAIS PROFUNDOS
TALVEZ O INESPLICAVÉL
DESCONHECIDO DE SI MESMO
DESPERTO NAS MARCAS REVELA
O IDEAL DO QUERER SER DE TUDO UM TODO
NÃO PARTE...NÃO ILUSÃO...NÃO METADE
COMO AS ÁGUAS QUE NÃO SE DIVIDEM
COMO O VENTO QUE NÃO SE CORTA
COMO A AUSENCIA QUE É INCOLOR
A DOR QUE É MORTA.

ASSIM O AMOR
AH!!! O AMOR
DESPRENDIDO....DISSIMULADO
IMPREVISIVEL
MAS
TEU
       INTEIRO




    elizabeth rodrigues

sábado, 16 de julho de 2011








Todas as manhãs, ainda bem cedo, deitada em minha cama fico ouvindo a algazarra dos passarinhos nas arvores do quintal.
De repente ouço pancadas no vidro da porta que sai para a varanda , vou bem sorrateira e o que encontro....um passarinho teimando em brigar com sua imagem refletida no vidro da porta, fico olhando pois do lado de dentro ele não  pode me ver,e a briga vai por um bom tempo, fico imaginando ,será que ele pensa ser um inimigo? será um outro que quer ocupar o seu espaço?  o engraçado é que todos os dias ,na mesma hora  lá esta ele  dando bicadas na porta, brigando com a propria imagem, curioso que num espaço tão imenso  que temos por aqui , ele nunca erra e todos os dias pela manhã bem cedo ...lá vem ele brigar com a porta.



                  elizabeth rodrigues

ESTADO D'ALMA



ESTADO FELIZ
ALMA LEVE
PARECE QUE FLUTUA
O  SOL
AH!..O  SOL
LINDO...CLARO...BRILHANTE...
AQUECENDO NOSSOS CORAÇÕES
AS ANDORINHAS  BAILAM
UM BANDO DELAS
SE ENTRELAÇANDO NO ÇEU
E O SOM QUE ELAS FAZEM
SOA COMO MUSICA CLASSICA
NOS TRANSPORTANDO PARA UM MUNDO DIFERENTE
ALEGRE
LEVE
O SOL BRILHA NOS CAMPOS
O ÇEU
AZUL, BEM AZUL COM PEQUENAS NUVENS BRANCAS
MARAVILHAS
QUE PODEMOS VER
QUE PODEMOS SENTIR
QUE PODEMOS VIVER


                      elizabeth rodrigues

CHUVA




NA  MADRUGADA
OUÇO O BARULHO DA CHUVA
QUE CAI
LENTO
MUSICAL
DO MEU QUARTO
FICO OUVINDO
ESSA MUSICA
TRAZIDAS PELOS PINGOS
DA CHUVA NO TELHADO
E FICO A IMAGINAR
OS PINGOS A CAIR
E A ROLAR PELA TERRA
A CAIR SOBRE AS PLANTAS
SOBRE AS FLORES
A TERRA SE ABRE TODA
PARA RECEBER ESSA BENÇÃO
QUE CAI DO ÇEU
MOLHA OS CAMPOS
A CIDADE
E LAVA NOSSA ALMA
LEVA TODA ENERGIA NEGATIVA
PARA O FUNDO DA TERRA
QUE  NEUTRALIZA E ELIMINA
TODA ESSA NEGATIVIDADE
QUE CRIAMOS COM OS NOSSOS PENSAMENTOS
E ATOS
CHUVA...BENÇÃO DO CEU
QUE MUSICA LINDA TRAZ AOS MEUS OUVIDOS



        elizabeth rodrigues














POESIA

Porque a poesia alcança as fadas
Atravessa os pântanos
Encanta a chuva na madrugada
Acompanha os ébrios nos dormentes
Se mistura à solidão das calçadas

Por Lourdinha Vilela

quinta-feira, 14 de julho de 2011

EM SONHOS



EM SONHOS
PROVO O CALOR
DE SEUS LABIOS QUENTES
A QUEIMAR OS MEUS
EM    SONHOS
SINTO SEUS BRAÇOS
SEU ABRAÇO
A ME APERTAR
CONTRA SEU PEITO
EM      SONHOS
ENTRELAÇO
MINHAS PERNAS
NAS SUAS
MINHAS  MÃOS
EM SUAS MÃOS
MEU CORPO TODO
CONTRA O SEU
SINTO AS BATIDAS
DO SEU CORAÇÃO
O HÁLITO QUENTE
DE SUA BOCA
PROCURANDO A MINHA
   
EM    SONHOS........

        EM   SONHOS.




                                                    elizabeth rodrigues

OLHANDO O JARDIM ALHEIO



"DAI AO TOLO MIL INTELIGÊNCIAS,E ELE NÃO QUERERÁ SENÃO A TUA",DIZ O PROVÉRBIO ÁRABE.  COMEÇAMOS A PLANTAR O JARDIM DA NOSSA VIDA E- QUANDO OLHAMOS PARA O LADO- REPARAMOS QUE O VISINHO ESTÁ ALI, ESPIANDO.  ELE É INCAPAZ DE FAZER QUALQUER COISA, MAS GOSTA DE DAR PALPITES SOBRE COMO SEMEAMOS NOSSAS AÇÕES, PLANTAMOS NOSSOS PENSAMENTOS, REGAMOS NOSSAS CONQUISTAS.
SE DERMOS ATENÇÃO AO QUE ELE ESTA DIZENDO,TERMINAMOS TRABALHANDO PARA ELE, E O JARDIM DE NOSSA VIDA SERÁ IDÉIA DO VISINHO. TERMINAREMOS ESQUECENDO  A TERRA CULTIVADA COM TANTO SUOR,FERTILIZADA POR TANTAS BÊNÇÃOS.  ESQUECEMOS QUE CADA CENTÍMETRO DE TERRA TEM SEUS MISTÉRIOS,E QUE SÓ A MÃO PACIENTE DO JARDINEIRO É CAPAZ DE  DECIFRÁ-LOS.  NÃO VAMOS MAIS PRESTAR ATENÇÃO OA SOL, A CHUVA, E AS ESTAÇÕES- PARA FICARMOS CONCENTRADOS APENAS NAQUELA CABEÇA QUE NOS ESPIA POR CIMA DA CERCA.
O TOLO QUE ADORA DAR PALPITES SOBRE O NOSSO JARDIM,JAMAIS CUIDA DE SUAS PLANTAS.



   de: PAULO COELHO

QUE PREGUIÇA



AI!!!!!
QUE PREGUIÇA
ESSE MORMAÇO
ESSE CALOR
DEITADO NA REDE
NA VARANDA DE CASA
MEU CORPO TODO MOLE
ENTREGUE......
QUE PREGUIÇA!!
SÓ  DI   PENSÁ
JÁ FICO CANSADO
TENHO UM ROÇADO DE MILHO
TODO PRONTO PRA COIÊ
MAS.......
QUE  PREGUIÇA!
TENHO UMA BANDA DE QUINTÁR
TODO PRA CARPI
MAS....
A CURPA....É DO CALOR
QUE DÁ ESSA MOLENGA
E VONTADE DE FICÁ NA REDE
E DEIXA O CORPO ENTREGUE
A ESSA PREGUIÇA

ASSIM QUE PASSÁ O CALOR
AI!!......
BOM, ACHO QUE VAI CHOVE
NUM DÁ PRA COIÊ
NUM DÁ PRA ROÇÁ

AI!!....
QUE PREGUIÇA QUE DÁ


       elizabeth rodrigues

quarta-feira, 13 de julho de 2011

VOÇE




SINTO TANTO SUA FALTA
VOÇE FAZ PARTE DE MIM
ESTÁ EM MEUS PENSAMENTOS
ESTÁ EM TUDO QUE VEJO
ESTÁ EM TUDO QUE TÓCO
JA  NÃO SEI VIVER SEM VOÇE
ME ACOSTUMEI COM SEUS DENGOS
COM SEUS MIMOS
JANTAR SEM VOÇE?!............ NEM PENSAR
DORMIR SÓ?!
SÓ QUANDO O CANSASO ME VENCER
E O SILENCIO
CONTINUA
ATÉ
VOÇE
VOLTAR........



     elizabeth rodrigues

terça-feira, 12 de julho de 2011

DIAS..........e......DIAS



DIAS CALMOS
DIAS CLAROS
DIAS TERNOS
DIAS TRANQUILOS
DIAS DE CALMARIA

DIAS DE INTROSPECÇÃO
SÃO DIAS APÓS CHUVA

A CHUVA PASSA
LEVA
LIMPA
O  AR

ARRASTA
PARA O FUNDO DA TERRA
SENTIMOS ISSO NO AR

MANSIDÃO

FICAMOS MEIO COM PREGUIÇA
MAS...ISSO É A CALMARIA
A TRANQUILIDADE DOS DIAS APÓS CHUVA

PENSAMENTOS
ATITUDES
TORNAM A ENCHER O AR
A DEIXA-LOS PESADOS
ATÉ CAIR...A NOVA  CHUVA




        elizabeth rodrigues

A ESTRELA

Vi uma estrela tão alta,
Vi uma estrela tão fria!
Vi uma estrela luzindo
Na minha vida vazia.

Era uma estrela tão alta!
Era uma estrela tão fria!
Era uma estrela sozinha
Luzindo no fim do dia.

Por que da sua distância
Para a minha companhia
Não baixava aquela estrela?
Por que tão alta luzia?

E ouvi-a na sombra funda
Responder que assim fazia
Para dar uma esperança
Mais triste ao fim do meu dia.

Manuel Bandeira




sexta-feira, 1 de julho de 2011

DOAÇÃO



EU A CONSIDERO FILHA DO AMOR,IRMÃ  DA CARIDADE,
VOÇE SÓ PODE DOAR,O QUE REALMENTE LHE PERTENÇA.
UMA PALAVRA, UM CARINHO, UMA MANEIRA QUIETA  DE OUVIR
DOAÇÃO VEM JUNTO COM O AMOR.PORQUE UMA DOAÇÃO SEM AMOR ,......NÃO É DOAÇÃO.
DOAÇÃO COM SILENÇIO, SEM COMENTÁRIOS, SEM ALARDES.
VOÇE PODE DOAR ALGO QUE VENHA DE DENTRO DE VOÇE,OU ATÉ MESMO UM OBJETO,.....MAS SEMPRE ACOMPANHADA D AMOR.
ASSIM COMO A NATUREZA  QUE SE DOA CONSTANTEMENTE E SE RENOVA.        ASSIM É A DOAÇÃO,....UMA RENOVAÇÃO
UM      ATO         DE          AMOR





                                                                  elizabeth rodrigues






,

AMOR


SENTIMENTO    MAIOR,  SENTIMENTO  PURO
COM ELE VOÇE PODE TUDO, COM ELE ,
DEUS CRIOU O UNIVERSO EM QUE VIVEMOS, DEUS CRIOU O MAR
OS RIOS,AS ÁRVORE,AS FLORES,OS ANIMAIS,ENFIM...DEUS CRIOU
                                               TUDO
TUDO QUE VEMOS E SENTIMOS É O AMOR,DESDE A MAIS PEQUENINA DAS FLORES ATÉ A IMENSIDÃO DO MAR.
SENTIMENTO QUE ELEVA,SENTIMENTO QUE CONSTRÓI
SENTIMENTO QUE SE DÁ,SEM EXIGIR NADA EM TROCA
ESSE É O AMOR..... SEM EXAGEROS,SEM DESESPEROS, SEM CIUMES.
                                             AMOR
SENTIMENTO PURO E SUBLIME,QUE EMANA DA ALMA
É A LÚZ QUE SOBREVIVERA NO CAMINHO ETERNO, É UMA FOLHA
AMARELADA CAINDO DE UMA ÁRVORE, COM UM SOPRO MAIS FORTE DO VENTO.
UMA PEQUENINA FLOR TEIMANDO EM NASCER AO MEIO DO ASFALTO QUENTE E SECO.
UMA ÁRVORE CARREGADA COM SEUS FRUTOS
UM ANIMALZINHO A BRINCAR COM SEU FILHOTE
                                           AMOR
É A CORRIDA FRENÉTICA DA PEQUENA TARTARUGA,QUANDO AO NASCER NA AREIA QUENTE, CORRE PARA A AGUA DO MAR
CORRE PARA A VIDA............ AMOR..........É VIDA



                elizabeth rodrigues