Follow by Email

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

COMO POR ENCANTO


CERTA NOITE ESTAVA EU SEM SONO, ANDANDO PELA CASA, JÁ
DE MADRUGADA, QUANDO SAIO  NA VARANDA PARA OLHAR A NOITE.
NOITE ESCURA,SEM ESTRELAS, SEM LUA, NÃO DA PARA ENXERGAR NADA, EIS QUE DERREPENTE COMEÇA UM VENTO
MUITO FORTE,ASSIM DO NADA...AQUELE VENTO FORTE
E COM ESSE VENTO UM CHEIRO  DE MEL, CHEIRO FORTE DE MEL.
OPA!!!
VINDO DESSA ESCURIDÃO E ESSA VENTANIA TODA,VEJO UM PAR DE "LUZINHAS", DE UM VERMELHO BEM VIVO QUE PARECEM MAIS UM PAR DE OLHINHOS VERMELHOS BRILHANDO COMO DOIS RUBIS NO MEIO DESSA ESCURIDÃO TODA.
FICO A OBSERVAR O MOVIMENTO DAQUELE  "PAR DE OLHINHOS"
ESTOU COMO QUE , HIPNOTIZADA POR AQUELE BRILHO LINDO
ESSE VENTO FORTE E ESSE CHEIRO DE MEL VINDO NÃO SEI DE ONDE.                                                                                                           DO MEIO DA ESCURIDÃO QUASE VEJO UMA SILHUETA
SE MOVIMENTANDO QUE PARECE BAILAR AO  VENTO, AO SABOR DAQUELE VENTO COM CHEIRO DE MEL
E AQUELE "PAR DE OLHINHOS" CONTINUA DANÇANDO E VAI SUMINDO MATO ADENTRO .
QUANDO SOME TOTALMENTE...DERREPENTE COMO QUE DO NADA
O VENTO PARA, MAS...O CHEIRO DE MEL AINDA PERMANECE NO AR POR ALGUNS SEGUNDOS.
QUANDO TUDO TERMINA, E VOLTA AO NORMAL COMO SE NUNCA, NADA TIVESSE ACONTECIDO.
AGORA TODA VEZ QUE VENTA FORTE DERREPENTE, SAIO NA VARANDA, MAS...NADA ACONTECE.
MAS EU CONTINUO A ESPERAR PELA SEGUNDA CHANCE DE PASSAR POR AQUELE MOMENTO EMBRIAGADOR.



       elizabeth rodrigues

Um comentário:

  1. Carrego seu coração- poema de E. E. Cummings)

    Eu Carrego seu coração comigo
    (Eu o carrego no meu coração)
    Eu nunca estou sem ele
    (onde quer que eu vá, você vai, minha querida;
    e o que quer que eu faça sozinho, eu faço por você, minha querida)

    Eu não temo o destino
    (porque você é o meu destino, minha doçura)
    Eu não quero o mundo por mais belo que seja
    Porque você é meu mundo, minha verdade.
    Este é o maior dos segredos que ninguém sabe.

    (Você é a raiz da raiz, e o botão do botão
    e o céu do céu de uma árvore chamada vida;
    que cresce mais alta do que a alma pode esperar
    ou a mente pode esconder.
    Este é o milagre que distancia as estrelas

    Eu Carrego seu coração
    (carrego no meu coração)

    ResponderExcluir