Follow by Email

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

VIAGEM

Oh tristeza, me desculpe / Tou de malas prontas
Hoje a poesia veio ao meu encontro
Já raiou o dia, . . . vamos viajar
Vamos indo de carona / Na garupa leve
Do tempo macio / Que vem caminhando
Desde muito longe / Lá do fim do mar
Vamos visitar a estrela / Da manhã raiada
Que pensei perdida / Pela madrugada
Mas vai escondida, . . . querendo brincar
Senta nessa nuvem clara / Minha poesia
Anda se prepara / Traz uma cantiga
Vamos espalhando música no ar
Olha, quantas aves brancas / Minha poesia
Dançam nossa valsa / Pelo céu que um dia
Fez todo bordado de raios de sol
Oh poesia me ajude / Vou colher avencas
Lírios, rosas, dálias / Pelos campos verdes
Que você batiza de jardins do céu
Mas, pode ficar tranquila / Minha poesia
Pois nós voltaremos / Numa estrela guia
Num clarão de lua . . . .quando serenar
Ou talvez até, quem sabe / Nós só voltaremos
No cavalo baio, no alazão da noite
Cujo nome é Raio, Raio de Luar



MUSICA DE JOÃO DE AQUINO e PAULO CESAR PINHEIRO

Nenhum comentário:

Postar um comentário